Estrada

Às vezes penso em parar
Outras vezes penso que estou indo lento demais
Não sei quando vou chegar
Às vezes não sei pra onde tenho que ir

Posso até desisti, fechar os olhos e respirar.

Onde perdi a coragem não sei
Quando me veio um único sonho, acordei.
Sempre me perdi
Nos teus olhos me achei.
Até o dia de encontrar
Teu cheiro no seu lugar

Com saudade eu parti
Acabei com tudo, inicio e fim.
Não sei como lembrar
O caminho a você
Talvez comece por mim
Ou seja a hora de me perder.Es

Saiba que não foi por mal
O amor me confunde
Faz-me errar, me ilude.
Deixo silenciar
Tento esquecer
Desprazer profundo
Saudade, um absurdo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, crítica ou sugestão! Volte Sempre!